this ok Sentence this ok Sentence Ícone News - Femoda/MT fecha mais de 16 mi em negócios em três dias de feira
FEMODA/MT FECHA MAIS DE 16 MI EM NEGóCIOS EM TRêS DIAS DE FEIRA

FEMODA/MT FECHA MAIS DE 16 MI EM NEGóCIOS EM TRêS DIAS DE FEIRA

  • Economia
  • Publicado em: 19/07/2016
  • Por: Ícone Press

A segunda edição da Feira de Calçados, Confecções e Acessórios de Mato Grosso (Femoda/MT) movimentou mais de R$ 16 milhões em três dias de evento. Segundo dados da Associação dos Representantes Comerciais de Mato Grosso, (Assorep-MT), a feira que aconteceu entre os dias de 12 a 14 de julho, recebeu um público de mais de mil visitantes de Cuiabá e regiões.

 

Ao todo mais de 200 marcas de todo Brasil expuseram novidades das coleções primavera/verão 2017 entre roupas, calçados e acessórios. De acordo com o presidente da Assorep/MT, Silvio Landin, o evento estimula o empreendedorismo e o desenvolvimento do segmento de comércio e serviços. “Além disso, exerce uma influência positiva sobre os demais setores da economia devido à sua relevância econômica e capacidade de promover emprego e renda”, pontua.

 

Com o objetivo de contribuir para o aumento da competitividade dos pequenos negócios do segmento de varejo por meio da disseminação das melhores práticas de gestão empresarial, a segunda edição da Femoda/MT contou pela primeira vez com a participação de duas fábricas da capital mato-grossense: Sacratto e Pele de Anjo.

 

As indústrias do ramo de calçados e moda íntima desenvolveram novas coleções para apresentarem aos lojistas da Femoda/MT com o objetivo de manter em 2016 um ritmo crescente de vendas e produção. Cada marca aposta em diferenciais competitivos e estratégias próprias de atuação, mas elas têm em comum a convicção de que o mercado está cada vez mais disputado e é preciso atender às exigências dos clientes.

 

A Sacratto, que tem 12 anos de mercado no Mato Grosso, nos últimos dois anos começou a expandir para outros nove Estados brasileiros. “A participação da empresa em eventos como a Femoda é interessante, pois 60% da nossa produção ficam dentro de Mato Grosso. Dessa forma estamos em contato direto com o cliente que são os maiores consumidores da Sacratto. O próprio evento é uma tendência a nível nacional, pois as feiras regionais são muito fortalecidas”, complementa o diretor executivo da Sacratto, Altair Batistella.

 

Batistella avalia ainda que o evento contribui para geração de riquezas de forma mais rápida e na democratização do acesso aos bens de consumo varejista do nosso Estado. “Além disso, amplia oportunidades para o empreendedor e traz mais vitalidade à economia”, enfatiza.

 

Mesma opinião da proprietária da Pele de Anjo, Loacy Ribeiro. Segundo a empresária do ramo atacadista, a empresa atua desde 1990 e atualmente emprega oito funcionários diretos e 15 indiretos. “Somos uma microempresa e por enquanto atendemos apenas em Mato Grosso, mas já temos plano de expansão para os próximos anos. Por meio de nossos representantes conseguimos fidelizar clientes na capital e regiões”, esclarece.

 

Loacy acredita que eventos como a Femoda ajudam empresas locais a se destacarem no mercado como também a contribuir para a economia local. “Em termos comerciais e práticos, as feiras proporcionam condições de negociação imediata dos produtos e serviços expostos e a possibilidade de criar um intercâmbio comercial permanente. Também é uma ótima oportunidade de aproveitamento da relação custo/benefício, seja para quem compra ou para quem vende”, finaliza.  

 

Para o comerciante Cláudio Tonon, empresário do ramo de varejo há 28 anos em Cuiabá, a feira é uma boa oportunidade de negócios e estimula o canal de comercialização. “Participei das duas edições da Femoda e fiz bons negócios para renovar os estoques do meu comércio para a próxima estação. Acredito que ter eventos como esse solidifica o empreendedorismo local, pois é uma opção mais econômica ter feiras onde seu comércio funciona”, conclui.

femoda fechamento faturamento moda

COMENTÁRIOS