this ok Sentence this ok Sentence Ícone News - Mato Grosso é pioneiro no diagnóstico de doenças do aparelho digestivo
MATO GROSSO é PIONEIRO NO DIAGNóSTICO DE DOENçAS DO APARELHO DIGESTIVO

MATO GROSSO é PIONEIRO NO DIAGNóSTICO DE DOENçAS DO APARELHO DIGESTIVO

  • Saúde
  • Publicado em: 08/08/2016
  • Por: Ícone Press

Mato Grosso é referencia em diagnóstico de doenças nos diversos segmentos do aparelho digestivo devido ao Centro de Endoscopia de Cuiabá (CEC). O Estado foi um dos primeiros a oferecer endoscópios de altíssima resolução à população juntamente com o Hospital Albert Einstein de São Paulo. Além de exames como a capsula endoscópica, a ecoendoscopia e endoscopia com alta definição, magnificação e imagens e cromoendoscopia virtual. Atualmente o CEC realiza em media 40 procedimentos endoscópicos por dia em suas duas unidades.

 

De acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva em Mato Grosso (Sobed-MT) e diretor técnico do CEC, Roberto Barreto, as duas unidades, uma no Jardim das Américas e a outra na Avenida Barão de Melgaço - que completou recentemente um ano de funcionamento, seguem as normas de Biossegurança da última RDC da ANVISA. 

 

“O CEC da Barão é o mais moderna centro de endoscopia digestiva do Estado de Mato Grosso e oferece  todos os avanços tecnológicos da endoscopia digestiva”,  esclarece.

 

A realização da colonoscopia, exame que permite a visualização completa do intestino grosso e do reto, previne e diagnosticam possíveis tumores como o câncer colorretal, o terceiro mais comum entre homens e mulheres, excluindo o câncer de pele. Segundo estimativa do INCA para 2016 são esperados 34.280 novos casos, sendo 16.660 homens e 17.620 mulheres (2016 - INCA).

 

E segundo um estudo realizado por pesquisadores do Massachusetts General Hospital Gastrointestinal Unit revelou que a realização da colonoscopia a cada 10 anos a partir dos 50 anos de idade pode reduzir em até 40% o risco de desenvolver o câncer colorretal. Tal eficácia tornou o procedimento mais acessível e simplificado.

 

O especialista ainda pontua que nos últimos anos houve uma verdadeira revolução na endoscopia digestiva, com avanços ocorrendo em várias vertentes. A tecnológica que faz parte da vida das pessoas é parte integrante dessa revolução nos serviços de endoscopia digestiva.

 

“A população atualmente conta com endoscópios de altíssima definição com resolução acima de 1 milhão de “pixels” (HD+),  que além de imagens de excelente definição são capazes de fazer “zoom óptico” (magnificação de imagens) de mais de 100 vezes em lesões suspeitas do tubo digestivo, possibilitando já na endoscopia identificar ou excluir tumores até mesmo antes do resultado da biópsia”, finaliza. 

cec nova unidade centro de endoscopia cuiabá

COMENTÁRIOS