this ok Sentence this ok Sentence Ícone News - Sicredi e educadores de Cuiabá celebram os resultados do primeiro ano de trabalho
SICREDI E EDUCADORES DE CUIABá CELEBRAM OS RESULTADOS DO PRIMEIRO ANO DE TRABALHO

SICREDI E EDUCADORES DE CUIABá CELEBRAM OS RESULTADOS DO PRIMEIRO ANO DE TRABALHO

  • Economia
  • Publicado em: 24/10/2017
  • Por: Ícone Press

Cerca de 180 profissionais da educação das cinco escolas municipais de Cuiabá que participam do Programa A União Faz a Vida (PUFV) do Sicredi celebraram os resultados do primeiro ano de trabalho. O encontro para a comemoração ocorreu na noite da última quinta-feira (19.10) na Associação Mato-grossense do Ministério Público. Juntas, as cinco escolas encerram 2017 com 70 projetos realizados e o envolvimento de aproximadamente 2.100 alunos.

 

O Programa A União Faz a Vida é a principal iniciativa de responsabilidade social do Sicredi e foi criado há 22 anos. Em Mato Grosso, o programa é desenvolvido há 12 anos, atendendoatualmente cerca de 70 mil estudantes de 237 escolas, distribuídas em 27 municípios.

 

Em Cuiabá, o programa é gerido pela cooperativa Sicredi Ouro Verde MT em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. A assessora de Programas Sociais da cooperativa, Licidneia Paula Franco, afirma que o encontro é uma oportunidade de celebrar os resultados do ano de trabalho junto a toda a rede de acreditadores do programa. “Reunimos os professores, coordenadores e diretores para comemorar mais um ano de trabalho e mostrar o que foi feito. É uma forma de homenagear esses educadores e relembrar o que foi realizado ao longo do ano”, diz ao adiantar que o plano para a Capital em 2018 é trabalhar no fortalecimento do programa nas cinco escolas participantes e em 2019 expandir para outras instituições na cidade.

 

Ao pontuar as principais mudanças a partir da inclusão das escolas no Programa A União Faz a Vida, Licidneia cita o envolvimento das famílias com a educação dos filhos. O comportamento dos alunos é a segunda principal transformação, atribuída por ela aos valores e propósitos repassados pelo programa aos estudantes. “Os alunos mudam, os pais mudam, os professores mudam e as escolas mudam. E tudo isso contribui para a formação de cidadãos melhores”, observa a assessora ao citar os princípios que pautam o programa: respeito, justiça, cidadania, solidariedade e cooperação.

 

A celebração dos resultados das cinco escolas de Cuiabá contou com palestra do professor doutor Sérgio Vale da Paixão, que falou sobre os desafios de ser professor e instigou os docentes a repensarem o processo de aprendizagem e a serem mais criativos. “Primeiramente precisamos saber quem são os nossos alunos. Em seguida, que professores somos, e por fim, em que escolas trabalhamos. Devemos fazer essa reflexão, pois os alunos de hoje são diferente do que fomos. Os métodos de aprendizagem são outros e precisamos nos adequar à nova realidade, sendo criativos e motivadores da educação, que vai além da sala de aula. Nosso papel, enquanto educadores, é o de provocar os alunos”. Ele complementa dizendo que, para que o objetivo maior da escola — o aprendizado — seja atingido ao fim de cada ano letivo é preciso planejamento, compromisso e honestidade, o que segundo ele, só “depende de nós”, de cada ente que faz parte da escola, sejam alunos, pais, professores, diretores, assistentes, e toda a comunidade.

 

O PUFV tem como principal estímulo o protagonismo dos alunos no processo de aprendizagem, graças ao método próprio adotado pelo Programa em que eles se tornam os principais atores do conhecimento, a partir da metodologia de projetos, desenvolvida pelos educadores, que passam por formação continuada para aplicar a metodologia de forma eficaz. A gerente de Programas Sociais da Central Sicredi Centro Norte, Andrea Passos, destaca que o evento faz a diferença na educação das comunidades onde é implantado. 

 

“E celebrar um ano de trabalho na noite de 19 de outubro, quando se comemora o Dia Internacional do Cooperativismo de Crédito, nos dá uma satisfação maior, pois o Sicredi trabalha para melhorar a qualidade de vida dos seus associados e da comunidade onde atua. E quando o Programa A União Faz a Vida chega a uma cidade, ele promove uma verdadeira transformação”. Andrea acrescenta que a metodologia adotada pelo programa auxilia os professores a executarem projetos mais eficazes para a aprendizagem, indo além dos muros da escola. “Sabemos que podemos transformar o futuro, e a educação é parte disso”.

 

Resultados concretos

 

O envolvimento da comunidade com a escola é o principal resultado do programa em Cuiabá, aponta a coordenadora de Programas e Projetos da Secretaria de Educação de Cuiabá, Carmem Cinira Siqueira Leite. “A participação das crianças e da comunidade nos projetos desenvolvidos extrapolou os muros das escolas, envolvendo toda a comunidade local. O programa ajuda as crianças e as famílias a se enxergarem parte da comunidade, a se identificarem como cidadãos, pois através dos projetos realizados elas descobrem seus direitos e deveres em sociedade e passam a ser mais ativos”, avalia Carmem. Para ela, o despertar da cidadania nos alunos é um dos principais pontos, além da solidariedade e do cooperativismo.

 

Quem também está percebendo na prática os resultados apontados na teoria é a coordenadora pedagógica da Escola Municipal Antônio Ferreira Valentim, Rosane França Correa. A escola fica no bairro Barbado e está no segundo ano de participação. Ela afirma que a instituição já trabalhava com a metodologia de projetos, mas com o PUFV ela foi aperfeiçoada. “Passamos a ouvir os alunos, a envolvê-los na formatação do conteúdo, através das expedições investigativas. Passamos a trabalhar juntos no processo de aprendizagem. O programa nos mostra que podemos ir além da sala de aula e dos livros, mesmo usando ferramentas simples”, considera ela ao complementar que as expedições são realizadas na própria comunidade, o que estimula a valorização da região. Entre os benefícios da metodologia ela cita a maior participação e a motivação dos alunos. “As vivências são riquíssimas e ficam para o resto da vida”.


Deslumbramento é a palavra usada pela coordenadora pedagógica da Escola Municipal Darcy Ribeiro, no bairro Jardim Industriário, Dinéia Abreu Silva, para definir o sentimento dos alunos pelas aulas. Ela afirma que a escola realizou 15 projetos, sendo que cada um deles envolveu uma média de 25 crianças e adolescentes, totalizando 375 estudantes do ensino infantil ao 8º ano, mais da metade dos 665 alunos da escola. “Os alunos ficam encantados com as aulas. Alguns projetos despertaram mais interesses nos alunos. Eles passaram a pesquisar e fazer experimentos. Isso nos dá muita satisfação em continuar com o programa. Além da mudança no comportamento dos alunos, que se tornaram mais participativos e ativos”.

 

As escolas que integram o Programa União Faz a Vida em Cuiabá são: Antônio Ferreira Valentim, Tenente Octacílio Sebastião da Cruz, Henrique da Silva Prado, Quintino Pereira de Freitas e Senador Darcy Ribeiro.

 

Sobre o Sicredi

 

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,6 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 21 estados*, com 1.500 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br.

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

 

O Sicredi Centro Norte, composto pelos estados de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre, tem cerca de 363 mil associados, com 165 agências em 133 municípios.

sicredi banco cooperativa

COMENTÁRIOS